Parágrafo 2607

2607.Quando ora, Jesus já nos ensina a orar. O caminho teologal da nossa oração é a sua oração ao Pai. Mas o Evangelho fornece-nos um ensinamento explícito de Jesus sobre a oração. Como bom pedagogo, toma conta de nós no ponto em que nos encontramos e, progressivamente, conduz-nos até ao Pai. Dirigindo-Se às multidões que O seguem, Jesus parte daquilo que elas já conhecem acerca da oração segundo a Antiga Aliança e abre-as à novidade do Reino que chega. Depois, revela-lhes em parábolas essa novidade. E, por fim, aos seus discípulos que hão-de ser pedagogos da oração na sua Igreja, fala abertamente do Pai e do Espírito Santo.


Aprofunde seus conhecimentos

113. Quais as acusações para a condenação de Jesus?

374. Como formar a recta e verdadeira consciência moral?

221. De que modo o Pai é a fonte e o fim da liturgia?

225. Qual a relação dos sacramentos com Cristo?

372. O que é a consciência moral?

268. Qual é o efeito da Confirmação?

496. Qual o significado do acto conjugal?


Acesse nossos estudos biblicos:

Qual é a importância da Palavra de Deus na vida cristã de acordo com 2 Timóteo 3:16-17?

Qual é a importância do propósito e da missão de Ester em Ester 4:14?

Como as Lamentações abordam a questão do sofrimento humano?

O que significa “dar graças em todas as circunstâncias” em 1 Tessalonicenses 5:18?

O que a conquista de Samaria pelos assírios e a queda do Reino do Norte ensinam sobre a importância da obediência a Deus?

O que significa escolher a piedade em vez da carne, de acordo com 1 Pedro 4:1-6?

O que a Bíblia diz sobre a ira de Deus e como ela se relaciona com a necessidade da salvação?