211. Como podemos ajudar a purificação das almas do purgatório?

Em virtude da comunhão dos santos, os fiéis ainda peregrinos na terra podem ajudar as almas do purgatório oferecendo as suas orações de sufrágio, em particular o Sacrifício eucarístico, mas também esmolas, indulgências e obras de penitência.


Veja este tema no Catecismo

Parágrafo 1032

1032.Esta doutrina apoia-se também na prática da oração pelos defuntos, de que já fala a Sagrada Escritura: «Por isso, [Judas Macabeu] pediu um sacrifício expiatório para que os mortos fossem livres das suas faltas» (2Mac12, 46). Desde os primeiros tempos, a Igreja honrou a memória dos defuntos, oferecendo sufrágios em seu favor, particularmente o Sacrifício eucarístico para que, purificados, possam chegar à visão beatífica de Deus. A Igreja recomenda também a esmola, as indulgências e as obras de penitência a favor dos defuntos:
«Socorramo-los e façamos comemoração deles. Se os filhos de Job foram purificados pelo sacrifício do seu pai (627) por que duvidar de que as nossas oferendas pelos defuntos lhes levam alguma consolação? [...] Não hesitemos em socorrer os que partiram e em oferecer por eles as nossas orações» (628).

Acesse nossos estudos biblicos:

Qual é a importância da Palavra de Deus na vida cristã de acordo com 2 Timóteo 3:16-17?

A dedicação do Templo de Jerusalém: análise da cerimônia (1 Crônicas 22-29)

Qual é o papel do povo de Deus na promoção da justiça social, de acordo com Amós 5:24?

A velhice e morte de Davi: o fim de uma vida de altos e baixos (2 Samuel 23, 24)

Qual é a história por trás do milagre da ressurreição do filho da sunamita realizada por Eliseu em 2 Reis 4?

O que significa a promessa de salvação e redenção em meio ao julgamento em Miquéias 2:12-13?

Qual é a importância da comunhão com Cristo segundo 1 Coríntios 1:9?