567. Quais os momentos mais indicados para a oração?

Todos os momentos são indicados para a oração, mas a Igreja propõe aos fiéis ritmos destinados a alimentar a oração contínua: orações da manhã e da noite, antes e depois das refeições, liturgia das Horas; Eucaristia dominical; Santo Rosário; festas do ano litúrgico.

«Devemos lembrar-nos de Deus, com mais frequência do que respiramos»(S. Gregório de Nazianzo).


Veja este tema no Catecismo

Parágrafo 2697

2697.A oração é a vida do coração novo. Deve animar-nos a todo o momento. Mas acontece que nos esquecemos d'Aquele que é a nossa vida e o nosso tudo. É por isso que os Padres espirituais, na sequência do Deuteronómio e dos profetas, insistem na oração como «lembrança de Deus», frequente despertador da «memória do coração». «Devemos lembrar-nos de Deus com mais frequência do que respiramos» (1). Mas não se pode orar «em todo o tempo», se não se orar em certos momentos, voluntariamente: são os tempos fortes da oração cristã, em intensidade e duração.

Parágrafo 2698

2698.A Tradição da Igreja propõe aos fiéis ritmos de oração destinados a alimentar a oração contínua. Alguns são quotidianos: a oração da manhãe da noite, antes e depois das refeições, a Liturgia das Horas. O Domingo, centrado na Eucaristia, é santificado principalmente pela oração. O ciclo do ano litúrgico e as suas grandes festas constituem os ritmosfundamentais da vida de oração dos cristãos.

Parágrafo 2720

2720.A Igreja convida os fiéis para uma oração regular: orações quotidianas, Liturgia das Horas, Eucaristia dominical, festas do ano litúrgico.

Acesse nossos estudos biblicos:

Qual é a importância da leitura e estudo da lei de Deus e qual exemplo podemos encontrar na história de Esdras?

Qual a importância do cuidado com os mortos na Bíblia e o que podemos aprender com a história de Tobias e o enterramento dos mortos?

Perdão e Reconciliação: Lições da Reunião de Jacó e Esaú (Gênesis 33:1-20)

O poder da comunidade: a união do povo judeu em Ester (Ester 9:1-5)

Qual é o papel da fé em meio ao sofrimento, de acordo com Jó 13:15-16?

O caráter de Saul e as consequências de suas escolhas: Um estudo de caso sobre liderança (1 Samuel 9-15)

A santidade do sacerdócio: Como a lei da santidade sacerdotal no livro de Números nos ensina sobre a importância da pureza e da dedicação na adoração a Deus? (Números 18:1-7)