Evangelho do dia – sábado, 6 de janeiro de 2024 – Marcos 1,7-11 – Bíblia Católica

Primeira Leitura (1Jo 5,5-13)

Leitura da Primeira Carta de São João.

Caríssimos, quem é o vencedor do mundo, senão aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus? Este é o que veio pela água e pelo sangue: Jesus Cristo. (Não veio somente com a água, mas com a água e o sangue). E o Espírito é que dá testemunho, porque o Espírito é a Verdade. Assim, são três que dão testemunho: o Espírito, a água e o sangue; e os três são unânimes.

Se aceitamos o testemunho dos homens, o testemunho de Deus é maior. Este é o testemunho de Deus, pois ele deu testemunho a respeito de seu Filho. Aquele que crê no Filho de Deus tem este testemunho dentro de si. Aquele que não crê em Deus faz dele um mentiroso, porque não crê no testemunho que Deus deu a respeito de seu Filho. E o testemunho é este: Deus nos deu a vida eterna, e esta vida está em seu Filho. Quem tem o Filho, tem a vida; quem não tem o Filho não tem a vida. Eu vos escrevo estas coisas a vós que acreditastes no nome do Filho de Deus, para que saibais que possuís a vida eterna.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.



Evangelho (Mc 1,7-11)

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, João pregava, dizendo: Depois de mim virá alguém mais forte do que eu. Eu nem sou digno de me abaixar para desamarrar suas sandálias. Eu vos batizei com água, mas ele vos batizará com o Espírito Santo. Naqueles dias, Jesus veio de Nazaré da Galileia, e foi batizado por João no rio Jordão. E logo, ao sair da água, viu o céu se abrindo, e o Espírito, como pomba, descer sobre ele. E do céu veio uma voz: Tu és o meu Filho amado, em ti ponho meu bem-querer.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.



Refletindo a Palavra de Deus

Meus irmãos e irmãs em Cristo,

Hoje, eu gostaria de começar nossa reflexão com um pensamento simples, mas profundo: a vida é um rio em constante movimento. A cada dia, somos levados pelas correntes da rotina, das responsabilidades, dos desafios e das expectativas. Navegamos por águas turbulentas e calmas, enfrentando tempestades e desfrutando de momentos de serenidade. E, às vezes, nos perguntamos: qual é o propósito de tudo isso? Para onde estamos indo?

Nessas águas agitadas da vida, encontramos consolo e orientação nas palavras da Sagrada Escritura. Hoje, somos convidados a refletir sobre as passagens da Primeira Leitura da Primeira Carta de João e do Evangelho de Marcos. Essas palavras nos convidam a mergulhar nas profundezas da nossa fé, a reconhecer quem somos em Cristo e a encontrar nossa verdadeira identidade como filhos e filhas de Deus.

A passagem da Primeira Leitura nos lembra que a vitória que vence o mundo é a nossa fé. Quando colocamos nossa confiança em Deus e acreditamos em Seu amor e redenção, superamos as adversidades e alcançamos a verdadeira vitória. A fé é o leme que nos guia nas águas tumultuadas da vida, nos dando coragem para enfrentar qualquer desafio. Ela nos permite navegar com segurança, sabendo que Deus está conosco em cada momento.

E o Evangelho de Marcos nos traz o poderoso relato do batismo de Jesus no rio Jordão. Aqui, vemos Jesus emergindo das águas e ouvimos a voz do Pai celestial proclamando: “Tu és o meu Filho amado, em ti ponho meu bem-querer”. Essas palavras são um lembrete poderoso de que somos amados incondicionalmente por Deus, que Ele tem um propósito para cada um de nós e que Ele se deleita em nós como Seus filhos e filhas.

Assim como Jesus foi batizado e recebeu a confirmação divina de Sua identidade, somos chamados a nos lembrar do nosso próprio batismo, quando fomos incorporados à família de Deus. Em nosso batismo, fomos lavados das manchas do pecado original, fomos selados com o Espírito Santo e nos tornamos filhos e filhas adotivos de Deus. Somos chamados a viver de acordo com essa identidade e a refletir a luz e o amor de Cristo em nossas vidas diárias.

Meus irmãos e irmãs, como podemos fazer isso? Como podemos viver nossa fé de maneira autêntica e significativa nas águas agitadas da vida? Permitam-me compartilhar com vocês algumas orientações práticas.

Em primeiro lugar, é fundamental nutrirmos nossa fé através da oração e da meditação na Palavra de Deus. Assim como a água é essencial para a vida física, a oração e a leitura da Bíblia são essenciais para a saúde espiritual. Tiremos um tempo diário para nos conectar com Deus em oração, para ouvir Sua voz e para buscar Sua orientação. Encontremos um lugar de tranquilidade, onde possamos nos afastar das distrações do mundo e nos sintonizar com a presença de Deus.

Em segundo lugar, é importante estarmos presentes na comunidade de fé. Assim como um rio flui mais fortemente quando várias correntes se encontram, nossa fé também é fortalecida quando nos reunimos como comunidade. Participemos regularmente da Santa Missa, onde podemos receber o Corpo e o Sangue de Cristo e nos unir aos nossos irmãos e irmãs na adoração e na oração. Encontremos força uns nos outros, compartilhemos nossas alegrias e desafios e nos encorajemos mutuamente no caminho da fé.

Em terceiro lugar, é essencial vivermos nosso chamado cristão no mundo. Assim como uma gota de água pode causar um grande impacto em um rio, cada um de nós tem o potencial de fazer a diferença no mundo ao nosso redor. Sejamos testemunhas vivas do amor deDeus em nossas palavras e ações. Sejamos compassivos com os necessitados, perdoemos aqueles que nos feriram, busquemos a justiça e a paz em nossas relações e sejamos agentes de transformação em nossa sociedade. Lembremo-nos de que, como filhos e filhas de Deus, temos o poder do Espírito Santo em nós para realizar grandes coisas em nome de Cristo.

Queridos irmãos e irmãs, à medida que concluo esta homilia, gostaria de lembrá-los de que somos chamados a viver com fé, coragem e esperança, mesmo nas águas agitadas da vida. Que possamos nos lembrar de nossa identidade como filhos e filhas amados de Deus, e que isso nos dê força e confiança para enfrentar qualquer desafio. Que possamos nos comprometer a nutrir nossa fé, a nos unir como comunidade de fé e a viver nosso chamado cristão no mundo.

E agora, convido-os a um momento de silêncio para refletir sobre as palavras que foram compartilhadas e sobre como podemos aplicá-las em nossas vidas diárias…

Querido Deus, pedimos a Sua graça e orientação para vivermos de acordo com as verdades que foram proclamadas hoje. Fortaleça nossa fé, conceda-nos coragem e nos encha de esperança. Ajude-nos a sermos luz e amor neste mundo, para que aqueles que nos rodeiam possam ver e experimentar Sua presença em suas vidas. Nós Te agradecemos por ser nosso Pai amoroso e por nos chamar de filhos e filhas. Que possamos viver de acordo com essa verdade todos os dias de nossas vidas. Amém.

Que a graça de Deus, o amor de Cristo e a comunhão do Espírito Santo estejam com todos vocês. Sigamos adiante, firmes na fé, confiantes na vitória que temos em Cristo. Que Deus os abençoe abundantemente.

Amém.


Livraria Católica