135. Como é que Cristo julgará os vivos e os mortos?

Cristo julgará com o poder adquirido como Redentor do mundo, vindo para salvar os homens. Os segredos dos corações serão revelados, bem como o procedimento de cada um em relação a Deus e ao próximo. Cada homem será repleto de vida ou condenado para a eternidade segundo as suas obras. Assim se realizará «a plenitude de Cristo» (Ef4,13), na qual «Deus será tudo em todos» (1Cor15,28).


Veja este tema no Catecismo

Parágrafo 678

678.Na sequência dos profetas (650) e de João Baptista (651), Jesus anunciou, na sua pregação, o Juízo do último dia. Então será revelado o procedimento de cada um (652) e o segredo dos corações (653). Então, será condenada a incredulidade culpável, que não teve em conta a graça oferecida por Deus (654). A atitude tomada para com o próximo revelará a aceitação ou a recusa da graça e do amor divino (655). No último dia, Jesus dirá: «Sempre que o fizestes a um dos meus irmãos mais pequeninos, a Mim o fizestes» (Mt25, 40).

Parágrafo 679

679.Cristo é Senhor da vida eterna. O pleno direito de julgar definitivamente as obras e os corações dos homens pertence-Lhe a Ele, enquanto redentor do mundo. Ele «adquiriu» este direito pela sua cruz. Por isso, o Pai entregou «ao Filho todo o poder de julgar» (Jo5, 22) (656). Ora, o Filho não veio para julgar, mas para salvar (657) e dar a vida que tem em Si (658). É pela recusa da graça nesta vida que cada qual se julga já a si próprio (659), recebe segundo as suas obras (660) e pode, mesmo, condenar-se para a eternidade, recusando o Espírito de amor (661).

Parágrafo 681

681.No dia do Juízo, no fim do mundo, Cristo virá na sua glória para completar o triunfo definitivo do bem sobre o mal, os quais, como o trigo e o joio, terão crescido juntos no decurso da história.

Parágrafo 682

682.Quando vier; no fim dos tempos, para julgar os vivos e os mortos, Cristo glorioso há-de revelar a disposição secreta dos corações, e dará a cada um segundo as suas obras e segundo tiver aceite ou recusado a graça.


Acesse nossos estudos biblicos:

Qual é o julgamento de Deus sobre a corrupção e a opressão de acordo com Miquéias 3:1-4?

Qual é o papel dos líderes na igreja de acordo com 1 Timóteo 3:1-13?

Qual foi o julgamento do rei Belsazar e como sua queda contribuiu para o cumprimento das profecias bíblicas em Daniel 5?

Qual é o papel do Espírito Santo na santificação do cristão?

Qual é o exemplo de fé de Davi mencionado em Hebreus 11:32-40?

Qual é a crítica que Amós faz à religião superficial e como ele destaca a importância de um coração genuíno?

Quais são as visões de Daniel sobre a estátua de ouro e as quatro bestas?


Livraria Católica