421. Onde se encontra a Lei nova?

A Lei nova encontra-se em toda a vida e pregação de Cristo e na catequese moral dos Apóstolos: o Sermão do Senhor na Montanha é a sua principal expressão.


Veja este tema no Catecismo

Parágrafo 1971

1971.Ao sermão do Senhor convém juntara catequese moral dos ensinamentos apostólicos.comoRm12-15;1 Cor12-13;Cl3-4;Ef4-5; etc... Esta doutrina transmite o ensinamento do Senhor com a autoridade dos Apóstolos, sobretudo pela exposição das virtudes que dimanam da fé em Cristo e que são animadas pela caridade, o principal dom do Espírito Santo. «Seja a vossa caridade sem fingimento [...]. Amai-vos uns aos outros com amor fraterno [...]. Sede alegres na esperança, pacientes na tribulação, perseverantes na oração, acudindo com a vossa parte às necessidades dos santos, procurando o ensejo de exercer a hospitalidade(Rm12, 9-12). Esta catequese ensina-nos também a tratar os casos de consciência à luz da nossa relação com Cristo e com a Igreja (23).

Parágrafo 1972

1972.A Lei nova é chamadaLei do amor,porque faz agir mais pelo amor infundido pelo Espírito Santo do que pelo temor:Lei da graça,porque confere a força da graça para agir pela fé e pelos sacramentos;Lei de liberdadeporque nos liberta das observâncias rituais e jurídicas da Lei antiga, nos inclina a agir espontaneamente sob o impulso da caridade e, finalmente, nos faz passar da condição do escravo «que ignora o que faz o seu senhor», para a do amigo de Cristo: «porque vos dei a conhecer tudo o que ouvi do meu Pai»(Jo15, 15); ou ainda para a condição de filho herdeiro (34).

Parágrafo 1973

1973.Além dos seus preceitos, a Lei nova inclui também osconselhos evangélicos.A distinção tradicional entre os mandamentos de Deus e os conselhos evangélicos estabelece-se por referência à caridade, perfeição da vida cristã. Os preceitos destinam-se a afastar tudo o que é incompatível com a caridade. Os conselhos têm por fim afastar o que, mesmo sem lhe ser contrário, pode constituir impedimento à expansão da caridade (35).

Parágrafo 1974

1974.Os conselhos evangélicos manifestam a plenitude viva da caridade, sempre insatisfeita por não dar mais. Atestam o seu ímpeto e solicitam a nossa prontidão espiritual. A perfeição da Lei nova consiste essencialmente nos preceitos do amor de Deus e do próximo. Os conselhos indicam caminhos mais directos, meios mais adequados, e são praticáveis segundo a vocação de cada um:

«Deus não quer que cada um observe todos os conselhos, mas somente os que são convenientes, segundo a diversidade das pessoas, dos tempos, das ocasiões e das forças, consoante a caridade o requer; pois é ela que, como rainha de todas as virtudes, de todos os mandamentos, de todos os conselhos, em suma, de todas as leis e de todas as acções cristãs, lhes dá a todos e a todas o lugar, a ordem, o tempo e o valor» (36).

Parágrafo 1986

1986.Além dos seus preceitos, a nova Lei comporta os conselhos evangélicos. «A santidade da Igreja é especialmente favorecida pelos vários conselhos que o Senhor propõe no Evangelho aos seus discípulos»(39).


Acesse nossos estudos biblicos:

Como evitar a tentação da luxúria e do adultério (Provérbios 5:3-6)

Qual é a natureza divina de Jesus Cristo, como descrito em Marcos 1:1?

Qual é a importância do amor de Deus para a nossa vida, de acordo com 1 João 4:8?

Qual é a mensagem de Jeremias sobre o amor incondicional de Deus?

Por que a Bíblia nos adverte sobre a necessidade de evitar a inveja e o ciúme, como mencionado em Provérbios 14:30, e como podemos aplicar esse ensinamento em nossas vidas?

O que significa amar a Deus e ao próximo e qual a importância desse ensinamento na Bíblia?

Qual é o papel da lei no Antigo Testamento, de acordo com Gálatas 3:10-14?


Livraria Católica