128. Porque é que a Ressurreição é ao mesmo tempo um acontecimento transcendente?

Embora seja um acontecimento histórico, constatável e atestado através dos sinais e testemunhos, a Ressurreição, enquanto entrada da humanidade de Cristo na glória de Deus, transcende e supera a história, como mistério da fé. Por este motivo, Cristo ressuscitado não se manifestou ao mundo mas aos seus discípulos, fazendo deles as suas testemunhas junto do povo.


Veja este tema no Catecismo

Parágrafo 647

647.«Oh noite bendita! – canta o «Exultet» pascal – única a ter conhecimento do tempo e da hora em que Cristo ressuscitou do sepulcro» (573). Com efeito, ninguém foi testemunha ocular do acontecimento da ressurreição propriamente dita e nenhum evangelista o descreve. Ninguém pôde dizer como ela se deu, fisicamente. Ainda menos a sua essência mais íntima, a passagem a uma outra vida, foi perceptível aos sentidos. Acontecimento histórico comprovado pelo sinal do túmulo vazio e pela realidade dos encontros dos Apóstolos com Cristo Ressuscitado, nem por isso a ressurreição deixa de estar, naquilo em que transcende e ultrapassa a história, no próprio centro do mistério da fé. Foi por isso que Cristo Ressuscitado não Se manifestou ao mundo (574),mas aos discípulos, «aos que com Ele tinham subido da Galileia a Jerusalém» e que «são agora testemunhas de Jesus junto do povo»(Act13, 31).

Parágrafo 656

656.A fé na ressurreição tem por objecto um acontecimento, ao mesmo tempo historicamente testemunhado pelos discípulos (que realmente encontraram o Ressuscitado) e misteriosamente transcendente, enquanto entrada da humanidade de Cristo na glória de Deus.

Parágrafo 657

657. O sepulcro vazio e os lençóis deixados no chão significam, porsimesmos, que o corpo de Cristo escapou aos laços da morte e da corrupção, pelo poder de Deus. E preparam os discípulos para o encontro com o Ressuscitado.


Acesse nossos estudos biblicos:

A importância da esperança em Lamentações: como ela nos sustenta em meio à adversidade (Lamentações 3:25)?

Como a sabedoria pode nos proteger contra o mal, conforme revelado em Sabedoria 7:28-29?

Qual é a mensagem principal da história de Jonas e como ela revela a graça de Deus?

O que significa a soberania de Deus em Isaías, e como ela garante segurança e proteção para o seu povo?

Qual é a importância da coragem e ousadia, de acordo com Provérbios 28:1?

Por que Deus julgou as cidades de Sodoma e Gomorra, e o que podemos aprender com isso, de acordo com Gênesis 18:16-33 e 19:1-29?

O que Baruc 6:2-5 nos ensina sobre o perigo de confiar em nós mesmos em vez de confiar em Deus?


Livraria Católica