Parágrafo 2277

2277.Quaisquer que sejam os motivos e os meios, a eutanásia directa consiste em pôr fim à vida de pessoas deficientes, doentes ou moribundas. É moralmente inaceitável.

Assim, uma acção ou uma omissão que, de per si ou na intenção, cause a morte com o fim de suprimir o sofrimento, constitui um assassínio gravemente contrário à dignidade da pessoa humana e ao respeito do Deus vivo, seu Criador. O erro de juízo, em que se pode ter caído de boa fé, não muda a natureza do acto homicida, o qual deve sempre ser condenado e posto de parte (58).



Aprofunde seus conhecimentos

175. Em que consiste a missão dos Apóstolos?

61. Como é que os anjos estão presentes na vida da Igreja?

228. Qual é a relação dos sacramentos com a fé?

467. Porque é que a legítima defesa das pessoas e das sociedades não vai contra tal norma?

430. Porque é que o Magistério da Igreja intervém no campo moral?

239. Quais os critérios do canto e da música na celebração litúrgica?

259. O que se requer dum baptizando?


Acesse nossos estudos biblicos:

O que a Bíblia diz sobre o amor e o serviço aos irmãos?

A dedicação do Templo de Jerusalém: análise da cerimônia (1 Crônicas 22-29)

Qual é a mensagem por trás da visão de Pedro da descida do lençol com animais impuros em Atos 10:9-16?

A lei do perdão: O que a lei do perdão no Levítico nos ensina sobre a misericórdia e a justiça de Deus? (Levítico 19:17-18)

Qual é o papel dos líderes na igreja de acordo com 1 Timóteo 3:1-13?

Qual é a importância da gratidão e do contentamento de acordo com o livro de Eclesiastes?

O que significa o sonho de Daniel sobre as quatro feras em Daniel 7?


Livraria Católica