Parágrafo 2309

2309.Devem ser ponderadas com rigor as estritas condições dumalegítima defesa pela força das armas. Agravidade duma tal decisão submete-a a condições rigorosas de legitimidade moral. É necessário, ao mesmo tempo:

– que o prejuízo causado pelo agressor à nação ou comunidade de nações seja duradouro, grave e certo;
– que todos os outros meios de lhe pôr fim se tenham revelado impraticáveis ou ineficazes;
– que estejam reunidas condições sérias de êxito;
– que o emprego das armas não traga consigo males e desordens mais graves do que o mal a eliminar. O poder dos meios modernos de destruição tem um peso gravíssimo na apreciação desta condição.

Estes são os elementos tradicionalmente apontados na doutrina da chamada «guerra justa».

A apreciação destas condições de legitimidade moral pertence ao juízo prudencial daqueles que têm o encargo do bem comum.



Aprofunde seus conhecimentos

322. O que é o sacramento da Ordem?

213. Como conciliar o inferno com a bondade infinita de Deus?

477. Quais as práticas contra o respeito à integridade corpórea da pessoa humana?

55. Em que consiste a Providência divina?

37. Porque professamos um só Deus?

433. Porque é que a vida moral dos cristãos é indispensável para o anúncio do Evangelho?

503. Que diz o sétimo mandamento?


Acesse nossos estudos biblicos:

Qual é a importância da gratidão na vida cristã, de acordo com a primeira carta a Timóteo?

O que significa o sonho de Daniel sobre as quatro feras em Daniel 7?

Qual é a responsabilidade dos líderes religiosos de acordo com Malaquias 2:7?

Qual é a importância da humildade e do arrependimento de acordo com o livro de Baruc?

O que é o Julgamento Final de acordo com Joel 3:14-16?

Como os Salmos nos ensinam a ser mais sensíveis à presença de Deus (Salmos 139:1-4)?

Qual a importância da fidelidade a Deus, segundo o livro de Tobias?


Livraria Católica