Parágrafo 444

444.Os evangelhos referem, em dois momentos solenes, no baptismo e na transfiguração de Cristo, a voz do Pai, que O designa como seu «filho muito-amado» (60). Jesus designa-Se a Si próprio como «o Filho único de Deus» (Jo3, 16), afirmando por este título a sua preexistência eterna (61). E exige a fé «no nome do Filho único de Deus» (Jo3, 18). Esta profissão de fé cristã aparece já na exclamação do centurião diante de Jesus crucificado: «Verdadeiramente, este homem era o Filho de Deus!»(Mc15, 39); porque somente no Mistério Pascal o crente pode dar pleno significado ao título de «Filho de Deus».



Aprofunde seus conhecimentos

338. Para que fins instituiu Deus o Matrimónio?

188. Qual é a vocação dos fiéis leigos?

479. Como tratar os corpos dos defuntos?

400. O que são as estruturas de pecado?

547. Existe no Evangelho uma oração de Maria?

293. Quando é possível administrar a sagrada Comunhão aos outros cristãos?

334. É requerido o celibato a quem recebe o sacramento da Ordem?


Acesse nossos estudos biblicos:

Qual é a importância da sabedoria na escolha do cônjuge e no casamento de acordo com Provérbios 18:22?

A história de José: Como Deus usou a história de José para cumprir seus propósitos?

Qual é a importância de ser fiel à sã doutrina?

A velhice e morte de Davi: o fim de uma vida de altos e baixos (2 Samuel 23, 24)

Qual é a mensagem principal da história de Jonas e como ela revela a graça de Deus?

Qual é a importância de obedecer à Palavra de Deus? O que a Bíblia diz sobre aqueles que não seguem a sã doutrina?

O que significa ser um discípulo de Jesus?


Livraria Católica