Parágrafo 495

495.Chamada nos evangelhos «a Mãe de Jesus» (Jo2, 1; 19, 25)(150), Maria é aclamada, sob o impulso do Espírito Santo e desde antes do nascimento do seu Filho, como «a Mãe do meu Senhor» (Lc1, 43). Com efeito, Aquele que Ela concebeu como homem por obra do Espírito Santo, e que Se tornou verdadeiramente seu Filho segundo a carne, não é outro senão o Filho eterno do Pai, a segunda pessoa da Santíssima Trindade. A Igreja confessa que Maria é, verdadeiramente,Mãe de Deus(«Theotokos») (151).



Aprofunde seus conhecimentos

467. Porque é que a legítima defesa das pessoas e das sociedades não vai contra tal norma?

458. Quais os deveres da sociedade em relação à família?

363. O que é a liberdade?

166. Porque é que a Igreja se chama católica?

557. Qual a importância da Tradição em relação à oração?

77. Que outras consequências provoca o pecado original?

36. Porque é que a profissão de fé começa com «Creio em Deus»?


Acesse nossos estudos biblicos:

Qual é a importância da cura de Enéias e da ressurreição de Dorcas em Atos 9:32-43?

O que é a Batalha do Vale de Josafá mencionada no livro de Joel e qual é o seu significado?

O que significa a admiração mútua entre os amados no livro de Cânticos?

A luta de Jacó com Deus: Qual é o significado dessa história para nós hoje?

Qual é a mensagem por trás da visão de Pedro da descida do lençol com animais impuros em Atos 10:9-16?

O que representa a imagem do rio da vida em Ezequiel (Ezequiel 47)?

A história de José: Como Deus usou a história de José para cumprir seus propósitos?


Livraria Católica