Parágrafo 862

862.«Do mesmo modo que o encargo confiado pelo Senhor singularmente a Pedro, o primeiro dos Apóstolos, e destinado a ser transmitido aos seus sucessores, é um múnus permanente, assim também é permanente o múnus confiado aos Apóstolos de serem pastores da Igreja, múnus cuja perenidade a ordem sagrada dos bispos deve garantir». Por isso, a Igreja ensina que, «em virtude da sua instituição divina, os bispos sucedem aos Apóstolos como pastores da Igreja, de modo que quem os ouve, ouve a Cristo e quem os despreza, despreza a Cristo e Aquele que enviou Cristo» (380).



Aprofunde seus conhecimentos

295. Porque é que Cristo instituiu os sacramentos da Penitência e da Unção dos enfermos?

521. Qual o dever do homem em relação à verdade?

277. Como se desenrola a celebração da Eucaristia?

121. Que acontece na agonia do horto do Getsemani?

537. Como rezava Moisés?

286. Que tipo de culto é devido ao sacramento da Eucaristia?

229. Porque é que os sacramentos são eficazes?


Acesse nossos estudos biblicos:

O que Sabedoria 8:7 nos ensina sobre a sabedoria como fonte de virtude e honra?

O que podemos aprender sobre a ira divina e a proteção dos justos no livro de Naum?

O povo escolhido de Deus: O que o livro do Levítico nos ensina sobre a escolha e a santidade do povo de Deus? (Levítico 20:26)

O que significa a expressão “vivemos pela fé, não pela visão” em 2 Coríntios 5:7?

Qual é a importância de ser fiel à sã doutrina?

Como a misericórdia de Deus é manifesta em Isaías? O que o livro de Isaías nos ensina sobre a graça e a misericórdia de Deus?

Qual é o exemplo de perseverança na espera das promessas de Deus apresentado na história de Zacarias e Isabel em Lucas 1:5-25?


Livraria Católica