Parágrafo 786

786.Finalmente, o povo de Deus participa na funçãorealde Cristo. Cristo exerce a sua realeza atraindo a Si todos os homens pela sua morte e ressurreição (218). Cristo, Rei e Senhor do universo, fez-Se o servo de todos, pois «não veio para ser servido, mas para servir e dar a vida como resgate pela multidão»(Mt20, 28). Para o cristão, «reinar é servi-Lo» (219), em especial «nos pobres e nos que sofrem, nos quais a Igreja reconhece a imagem do seu Fundador pobre e sofredor (220). O povo de Deus realiza a sua «dignidade real» na medida em que viver de acordo com esta vocação de servir com Cristo.

«De todos os regenerados em Cristo, o sinal da cruz faz reis, a unção do Espírito Santo consagra sacerdotes, para que, independentemente do serviço particular do nosso ministério, todos os cristãos espirituais no uso da razão se reconheçam membros desta estirpe real e participantes da função sacerdotal. De facto, que há de tão real para uma alma como governar o seu corpo na submissão a Deus? E que há de tão sacerdotal como oferecer ao Senhor uma consciência pura, imolando no altar do seu coração as vítimas sem mancha da piedade?» (221).



Aprofunde seus conhecimentos

231. O que é a graça sacramental?

260. Quem pode baptizar?

446. Ao dizer: «não farás para ti qualquer imagem esculpida» (Ex 20,3) proíbe-se o culto das imagens?

205. Com a morte, que sucede ao nosso corpo e à nossa alma?

29. Porque não há contradições entre a fé e a ciência?

404. Que outras coisas requer uma autêntica convivência humana?

377. O que é a virtude?


Acesse nossos estudos biblicos:

Qual é o ensinamento sobre liderança de servos humildes em 3 João 1:1-4?

O que significa a afirmação de que o amor de Deus é revelado em Cristo, conforme mencionado em 2 Timóteo 1:9?

Como Salomão se tornou o rei mais sábio que já existiu? Uma análise de 1 Reis 3.

Qual é a profecia de Ahijah em 1 Reis 11 e qual é a sua importância na história de Israel?

O que o livro de Oséias nos ensina sobre o amor inabalável de Deus pelo seu povo?

Qual é a importância da gratidão e do contentamento de acordo com o livro de Eclesiastes?

O pacto de Deus com Davi: um compromisso eterno (2 Samuel 7)


Livraria Católica